Pages

O Desfile Cruise da Dior na China: INSPIRE-SE!

O desfile foi na China, mas a moda parisiense foi transportada para lá, pelo menos nos 16 minutos de apresetação do desfile da Dior. E teve de tudo, desde looks com inspiração no grande new look da marca, até vestidos com coloridos feitos, creio eu, com tecidos sintéticos e listras, inspirada no uniforme de marinheiros. Diferetemente da Chanel, John Galliano também mostrou diferentes mulheres na passarela, mas todas tinham um elemento chave que as unia.

Os babados, fru-frus e os decotes marcados da Dior não podiam ficar de fora, dando um ar lolita aos looks, tanto os mais prêt-à-porter como os mais de haute-couture. Vejam.


Vejam também os vídeos do desfile. Acho super bom isso. Nada melhor do que ver o movimento das roupas e ouvir a trilha sonora do desfile. C'est parfait!





Viram? Os looks mais femininos constrastaram muito com essa música forte e com bastante tendência futurista, com participações da Gossip e da Christina Aguilera, com a novissíma Not Myself Tonight. Acho que por isso ele deu preferência aos tecidos sintéticos na confecção dos looks e pelo cenário também futurista. Uma coisa bem Bionic!! Abraços

p.s.: O John se passa mesmo né?!? Deem detalhe especial para o final do último vídeo, onde ele entra na passalera ao som de Madonna, fazendo caras, bocas e outras cositas mais.

Fonte: Vogue.fr

1 Gostou? Comenta Aqui!:

Vera Lins disse...

Galliano é verdadeiramente um "GÊNIO"! Conseguiu mostrar em um único desfile todas as modas (linhas)criadas e reverenciadas por Dior, durante seus 10 anos de "Haute couture". E melhor, mostrando uma harmonia perfeita em volumes e formas das mais variadas! Incrivelmente Perfect!!!!!!!!
- Pura elegância e refinamento!
Nesse desfile podemos assistir um revival dos "anos dourados", a "moda das Lolitas", o "New look", a linha "H","tailleur", os vestidos de tecidos diáfanos, com várias saias sobrepostas e comprimentos variados, enfim... A moda dos anos 50 tão bem determinada por uma das maiores expressão da moda do século XX. Afinal, não poderia ser diferente, Galliano mostra realmente que sabe "perpetuar" o ícone da alta costura mundial,numa tradução de sonhos e fantasias fazendo jus aos ideais "DIOR".

Back to Top